Muitas pessoas que resolvem mudar o estilo de vida, melhorar a alimentação e iniciar a prática de exercício, com o objetivo de emagrecer acabam caindo no mito da balança. E o que seria esse mito?

Isso nada mais é do que acreditar que a balança vai mostrar se os resultados estão sendo alcançados ou não, ou seja, se a balança mostrar que a pessoa perdeu peso isso significa que ela emagreceu, mas se mostrar que eu o peso se manteve ou até mesmo aumento provavelmente algo errado está acontecendo, então deve alterar a alimentação e o exercício, mas será que isso é verdade?

Muitas vezes não! Isso porque a balança mostra apenas peso absoluto, sem distinguir gordura, de massa magra (músculo) ou até mesmo líquidos, por exemplo, mulheres no período menstrual podem reter mais líquido e isso com certeza aumentará o seu peso na balança. Até mesmo o horário do dia pode influenciar, experimente pesar assim que acordar, depois no período da tarde e no período da noite, mesmo utilizando a mesma balança com certeza o seu peso será diferente. Ou então experimente pesar antes e depois do almoço ou até mesmo após tomar uns 2 copos d’água, também garanto que o peso será diferente.

Isso significa que você não pode usar a balança como referência?

Não! Porém, ela não pode ser a sua maior referência, isso porque se você estiver fazendo exercícios que favoreçam o ganho de massa muscular, pode acontecer de você perder 2kg de gordura e ganhar 2kg da massa muscular (o que é muito bom) e a balança irá mostrar que você não perdeu nada. Por esse motivo, fazer avaliação da composição corporal bioimpedância ou medidas de dobras cutâneas é melhor maneira de acompanhar a sua evolução. Ou até mesmo usar como referência sua roupa, se ela está ficando mais larga ou aquela roupa que não servia agora passa a servir é melhor referência do que a balança.

Minha última dica é: evite se pesar com frequência, pois apesar de você saber tudo isso que foi descrito nesse texto, ainda sim pode ser frustrante e desanimador não ver os números diminuírem, tenha paciência emagrecimento e até mesmo ganho de massa muscular é um processo e o resultado que você quer não vai e NÂO DEVE acontecer do dia para noite, pois pode até levar a um efeito rebote que seria um reganho de peso algumas vezes até superior ao que você estava quando resolveu mudar o estilo de vida, mas os motivos que levam a esse efeito fica para um próximo post.

Isso nada mais é do que acreditar que a balança vai mostrar se os resultados estão sendo alcançados ou não, ou seja, se a balança mostrar que a pessoa perdeu peso isso significa que ela emagreceu, mas se mostrar que eu o peso se manteve ou até mesmo aumento provavelmente algo errado está acontecendo, então deve alterar a alimentação e o exercício, mas será que isso é verdade?

Muitas vezes não! Isso porque a balança mostra apenas peso absoluto, sem distinguir gordura, de massa magra (músculo) ou até mesmo líquidos, por exemplo, mulheres no período menstrual podem reter mais líquido e isso com certeza aumentará o seu peso na balança. Até mesmo o horário do dia pode influenciar, experimente pesar assim que acordar, depois no período da tarde e no período da noite, mesmo utilizando a mesma balança com certeza o seu peso será diferente. Ou então experimente pesar antes e depois do almoço ou até mesmo após tomar uns 2 copos d’água, também garanto que o peso será diferente.

Isso significa que você não pode usar a balança como referência?

Não! Porém, ela não pode ser a sua maior referência, isso porque se você estiver fazendo exercícios que favoreçam o ganho de massa muscular, pode acontecer de você perder 2kg de gordura e ganhar 2kg da massa muscular (o que é muito bom) e a balança irá mostrar que você não perdeu nada. Por esse motivo, fazer avaliação da composição corporal bioimpedância ou medidas de dobras cutâneas é melhor maneira de acompanhar a sua evolução. Ou até mesmo usar como referência sua roupa, se ela está ficando mais larga ou aquela roupa que não servia agora passa a servir é melhor referência do que a balança.

Minha última dica é: evite se pesar com frequência, pois apesar de você saber tudo isso que foi descrito nesse texto, ainda sim pode ser frustrante e desanimador não ver os números diminuírem, tenha paciência emagrecimento e até mesmo ganho de massa muscular é um processo e o resultado que você quer não vai e NÂO DEVE acontecer do dia para noite, pois pode até levar a um efeito rebote que seria um reganho de peso algumas vezes até superior ao que você estava quando resolveu mudar o estilo de vida, mas os motivos que levam a esse efeito fica para um próximo post.

Gostou? Compartilhe!

About the author : Mateus Petrachini

- Formado em Educação Física pela UFU em 2015
- Responsável técnico do Centro de Fisiologia e Nutrição Esportiva (2015-2016)
- Mestre em Educação Física pela UFTM na linha de pesquisa desempenho humano e esporte em 2018
- Treinador voltado para a melhora do desempenho, saúde e qualidade de vida.